Excavações archeologicas em 1895 : executadas pelo Museu Paraense no littoral da Guyana Brazileira entre Oyapock e Amazonas

Trabalho já clássico sobre as cerâmicas das tribos indígenas extintas do Amapá. A cerâmica lá encontrada pelos arqueólogos (urnas funerárias) pegou emprestado o nome do rio Cunany (Cunani) no Amapá.  A obra apresenta estampas com as referidas cerâmicas.

Ver Publicação

 

Classificação Decimal de Dewey
930.1  23
Número de Chamada
930.1  G595e  OR
Autor Principal
Título Principal
Excavações archeologicas em 1895 : executadas pelo Museu Paraense no littoral da Guyana Brazileira entre Oyapock e Amazonas / pelo Dr. Emilio A. Goeldi
Publicação
Pará : Typ. e Papelaria de A. Silva, 1900.
Descrição Física
iii, 44 p. : il. ; 30 cm
Notas
Acima do título: Memórias do Museu Paraense de Historia Natural e Ethnographia; Encadernação com lombada mutilada; Exemplar 1 blocado por ação de fungos; Conteúdo completo: 1ª parte – As cavernas funerárias artificiaes de índios hoje extinctos no Rio Cunany (Goanany) e sua ceramica